Ministério da Educação e Ciência Direcção-Geral de Educação ERTE ERTE missão ERTE contactos ERTE equipa ERTE centros de competência ERTE notícias Logos da ERTE, da DGIDC e do MEC
 

ERTE > notícias

 

Notícias



"Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias: 2005 a 2008"

(Publicada em 04-02-2009)

Lisboa, 03 Fev. (Lusa) - Tecnologia: Mais de 90% dos adolescentes dos 10 aos 15 anos usam computador e Internet – INE

Quase todos os adolescentes portugueses dos 10 aos 15 anos usam o computador e nos últimos anos cresceu o número dos que acedem à Internet, sobretudo a partir de casa, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE).

A tendência nesta faixa etária continua a ser o uso do computador e da Internet na escola e para fazer trabalhos escolares, embora também tenha aumentado a sua utilização em actividades de lazer e, sobretudo, de comunicação.

Segundo o "Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias: 2005 a 2008", o computador era utilizado, no primeiro trimestre do ano passado, por 96,6 por cento dos jovens entre os 10 e os 15 anos e a Internet por 92,7 por cento, enquanto que a utilização do telemóvel se situou em 84,6 por cento.

De acordo com o INE, que recolhe anualmente dados sobre a utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) pelas famílias desde 2002, neste último inquérito (2005-2008) observa-se na faixa etária 10-15 anos "um aumento da proporção de utilizadores de computador e Internet", destacando-se esta última, que registou uma evolução de quase vinte pontos percentuais, de 73,5 por cento para 92,7 por cento.

Na mesma faixa etária, o uso do telemóvel cresceu mais de 11 pontos percentuais entre 2007 e 2008, passando de 73,3 por cento para 84,6 por cento.

Quanto à frequência de utilização, 67,8 por cento destes jovens utilizavam diária ou quase diariamente o computador em 2008 (em 2005 eram apenas 50,7 por cento), e 54,5 por cento a Internet, quando em 2005 apenas 32,0 por cento o faziam.

Em 2008, o uso do computador na escola era referido por 87,5 por cento (89,3 em 2005) destes jovens e o domicílio era apontado por 82,8 por cento, quando apenas 62 por cento referiam o domicílio em 2005.

Oitenta e três por cento dos jovens acediam à Internet na escola, enquanto que o acesso no domicílio cresceu de 43,4 por cento em 2005 para 64,4 por cento em 2008.

Os jovens usavam as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) sobretudo para trabalhos escolares (94,5 por cento no uso de computador e 97,0 por cento no acesso à Internet), mas era também elevado o número de jovens que usou o computador para actividades de lazer e em actividades de comunicação.

Estas últimas registaram um aumento acentuado, de 57 por cento para 82,2 por cento.

Jogar ou fazer download de jogos, imagens, música ou vídeos são actividades que decresceram de 71,5 por cento para 64,7 por cento entre os jovens desta faixa etária.

Os inquiridos pelo INE salientam que aprenderam a usar o computador e a Internet sobretudo com a ajuda de colegas, familiares e amigos e através da auto-aprendizagem.

Quanto ao telemóvel, os jovens desta faixa etária usam-no sobretudo para troca de mensagens escritas (96,1 por cento) e para chamadas de voz (95,2 por cento), verificando-se uma diminuição da sua utilização para jogar (com ou sem acesso à Internet).

Através da comparação com as outras faixas etárias, o INE destaca que em 2008 a utilização destas tecnologias da informação decrescia com a idade, "à excepção do uso de telemóvel pelos indivíduos dos 16 aos 24 anos". O INE produz o Inquérito sobre a Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias desde 2002 em domicílios de agregados familiares compostos por pelo menos um indivíduo entre os 16 e os 74 anos de idade, tendo incluído de 2005 a 2008 um módulo específico para a população com idade compreendida entre 10 e 15 anos.


Partilhar            [ Voltar ]

 

ERTE > notícias

 
 

Salvo indicação em contrário, licença Creative Commons BY-NC-ND para todos os conteúdos. Creative Commons BY-NC-ND



ERTE - Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas - Ministério da Educação